sábado, 4 de outubro de 2014

Flexibilidade na Dança

Olá bellydances,

Hoje iremos falar sobre a flexibilidade na dança do ventre.



Um corpo flexível significa mais saúde e bem-estar, além de ajudar no alcance de um condicionamento físico ideal para atividades físicas, contribuindo para a prevenção de lesões, sendo assim, é inegável a importância da flexibilidade para uma boa performance na Dança do Ventre, pois essa dança exige uma alta solicitação dos movimentos de rotação externa, flexão, extensão e abdução do quadril, ou seja, uma boa flexibilidade é fundamental para o bom desenvolvimento dos movimentos.




Flexibilidade pode ser definida como a capacidade dos tecidos corporais esticarem sem danos ou lesões e com ampla movimentação numa articulação ou grupos de articulações, ou então, como a capacidade de uma articulação mover-se com facilidade em sua amplitude de movimento. 




É possível aumentar a própria flexibilidade? Sim! Contudo, não nos tornamos flexíveis da noite para o dia, esse é um trabalho que exige um pouco de dedicação, mas, para isso, é preciso mais do que 5 minutos antes e depois das aulas de Dança do Ventre, você também terá que treinar em casa. Comece com cerca de 10 minutos de alongamento por dia, respeitando sempre seus limites, e cada vez mais aumente a intensidade até o alongamento total. O alongamento total leva tempo e exige paciência. 




Abaixo vemos uma série de alongamentos que podem ser feitos diariamente, fazendo 30 segundos cada posição, alongando os dois lados, direito e esquerdo:





Bom meninas espero que a flexibilidade de vocês estejam em dia! E lembre-se sempre de tomar bastante cuidado ao se alongar para não se alongar de maneira errada e sofrer lesões, procure sempre orientações de profissionais da área ou sua professora de dança.


Beijos... Até a próxima!

Nenhum comentário:

Postar um comentário